Quarta-feira, 8 de Outubro de 2008

AMOR

Muitas vezes ouvi muitas pessoas dizerem que o amor que tinham por alguém estava a morrer, ou, que estava a nascer um amor por outra pessoa. Não creio. Porque, penso simplesmente que o amor não nasce, assim como não morre. O amor está sempre dentro de cada um de nós. Nós é que o damos, ou retiramos, a determinada pessoa, em determinado momento da nossa vida. Carência de amor, não é apenas sentir a falta de quem nos ame, mas, principalmente, sentir a falta de alguém, a quem dar o que existe em nós.

Assim:

"Se o amor, em vez de ser, aquela alegria, aquela ansiedade, aquela dor, aquela intranquilidade, fosse algo de comprar e vender, em supermercados, em caixinhas, em frascos rotulados,  eu poderia, comprar ou vender, aquele que me falta, pelo que tenho em excesso. Mas sendo o amor algo de pedir e dar, dou aquele que tenho, mas o que me falta, não o peço."
                                                                Jorge Santos (meu pai)
música: O Lago dos Cisnes-Tchaikovsky
publicado por Jorge Santos às 15:32
link do post | comentar | favorito
|
14 comentários:
De leonoreta a 18 de Outubro de 2008 às 14:28
ola jorge
eu tenho uma visao mais crua do amor. para mim é apenas um conceito inventado pelos poetas para terem assunto para escreverem.
o que a vida me tem mostrado é que o que existe de amor é uma troca obrigatória, possessiva entre as pessoas. por isso ele nasce e por isso ele morre como dizem.
porque a haver amor sempre dentro de nós ele será sempre uma dádiva espontanea sem querer de volta seja o que for.
beijinhos
De Jorge Santos a 18 de Outubro de 2008 às 19:52
E é mesmo uma dádiva, não exijo amor, dou amor, a quem eu quero, quando quero, sem pedir nada em troca, ao dar amor tenho a esperança de ser retribuído , nada mais. E se muitas vezes meu amor já foi retribuído , muitas outras ficou só na esperança."Mas sendo o amor algo de pedir e dar, dou o que tenho mas o que me falta não peço." Estas eram, foram, para mim são ,porque o sinto vivo em mim as palavras de meu pai Jorge Santos
De daplanicie a 16 de Outubro de 2008 às 21:18
Um pensamento deveras interessante que só vem confirmar a ideia que tenho d seu pai, pelo que tenho lido devia ser uma pessoa extremamente inteligente com quem devia dar gosto conversar. Adorei!
Cumprimentos cm amizade
De Jorge Santos a 16 de Outubro de 2008 às 21:47
Posso confirmar absolutamente essa ideia como exacta. Era inteligente e adorava conversar trocar ideias com todas as pessoas mesmo que essas ideias estivessem nos antípodas das suas. Com ele aprendi que tudo se discute desde que a discussão seja com respeito mutuo.
De Paola a 13 de Outubro de 2008 às 22:29
Os pais têm palavras sábias... Talvez por terem mais experiência, talvez por já amarem Há mais tempo, talvez porque são pais..." Mas sendo o amor algo de pedir e dar, dou aquele que tenho, mas o que me falta, não o peço." Eu também não peço!!!

Bjos
De Jorge Santos a 14 de Outubro de 2008 às 00:02
O meu pai tinha palavras sabias sem duvida, já não está "por cá" e a falta que me faz.
BEIJO.
De Themis a 12 de Outubro de 2008 às 23:56
Obrigada pelo elogio!!! :)

Concordo que o amor não nasce e nem morre. Modifica-se.

beijossssss
De Jorge Santos a 13 de Outubro de 2008 às 00:08
Beijão mana!
De Maria a 9 de Outubro de 2008 às 22:58
Que lindo!... Tão simples e tão profundo!...

Um abraço,
Maria
De Jorge Santos a 10 de Outubro de 2008 às 00:06
É mesmo.
Abraço, Maria.
Beijinho
De meldevespas a 9 de Outubro de 2008 às 11:02
Tão bonitas as palavras do teu pai!!!!!!!!
Concordo que o amor está em nós, a capacidade de amar é inerente ao ser humano, acho que adquirimos isso sim, a capacidade de enamoramento/encantamento, que vai potenciar o "bicho" que está cá dentro.
Ou não?
Beijinhos Grandes
De Jorge Santos a 10 de Outubro de 2008 às 00:07
É isso mesmo!
Beijinhos!
De Sónia Pessoa a 8 de Outubro de 2008 às 23:39
palavras sábias... beijinhos
De Jorge Santos a 8 de Outubro de 2008 às 23:58
Muito sábias.
Obrigado.
Beijinho.

Comentar post


. Jorge Santos

. 16 seguidores

.Março 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
28
29
30
31
Page copy protected against web site content infringement by Copyscape

.arquivos

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Novembro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

.posts recentes

. OS OLHOS DE MINHA MÃE

. AO MEU PAI

. BOURBON

. IDA SEM VOLTA

. NÃO FUI EU!

. O TAMANHO DA CAMISOLA

. JOSÉ SARAMAGO

. A PROPÓSITO DO MUNDIAL DE...

. MENTIRAS...

. ABRIL

. URGÊNCIA

. O PERIGO DA HISTÓRIA ÚNIC...

. AGRESSÕES ESCOLARES

. LIBERDADE DE IMPRENSA

. BAILINHO DA MADEIRA

. NO PEITO

. CHAVELA VARGAS

. LIBERDADE

. O SENHOR DAS ÁGUAS

. DEZ DE JUNHO

. DE ANIMO LEVE

. ANTHONY AND THE JHONSONS

. OS DARWINIANOS

. A BOLHA

. AVAREZA

. A IRMÃ DO MEU FILHO

. A PARTILHA DE UM MOMENTO

. ...

. FILHO DE PAI SEPARADOS

. WARNING

. 2009

. TIME AFTER TIME

. SOMOS LIVRES

. MINHA CONSCIÊNCIA

. PARABÉNS FILHO!

. SER

. DESAMOR

. A MAIOR EMPRESA DO MUNDO

. FINALMENTE

. MEU CREDO

. ...

. OS AMIGOS

. VIDA

. VIAGEM

. AMOR

. CIDADANIA 2

. GOSTO DOS MEUS ERROS

. DA VIOLÊNCIA

. AC/DC

. SALA DE ESPERA 2

.Tags

. todas as tags

Estou no Blog.com.pt
blogs SAPO
Animais de Rua - Projecto de Esterilização e Protecção de Animais Sem Lar

.subscrever feeds

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.
Locations of visitors to this page